Voltar

“Unidos, superamos a crise”, diz Temer em mensagem enviada ao Congresso Nacional

05.02.2018

Em mensagem enviada ao Congresso Nacional no início do ano legislativo, o presidente da República, Michel Temer, fez um balanço do Brasil nos últimos 12 meses: inflação baixa, crescimento e avanços sociais. Ele também apontou para desafios, como o rombo previdenciário e a segurança pública. Confira os principais trechos da mensagem lida nesta segunda-feira (5) aos congressistas:

Confira o documento na íntegra

Economia

Citando o apoio dos parlamentares, Temer lembrou do esforço para vencer uma crise “sem precedentes”. Fez referência a dados como a queda dos juros e da inflação, o avanço da indústria de grãos e a produção agrícola, e ressaltou: “Passados 12 meses, tenho a grata satisfação de constatar: unidos, superamos a crise”.

Reforma da Previdência

Classificando como questão-chave para o futuro do País, Temer reforçou a necessidade de aprovar a reforma da Previdência. Sem ela, o sistema previdenciário continuará desigual e insustentável. “O atual sistema é socialmente injusto e financeiramente insustentável [..] transfere recursos de quem menos tem para quem menos precisa”.

Social e meio-ambiente

Na avaliação de Temer, foram muitos os resultados no campo social. “Em 2017, zeramos, pela primeira vez, a fila do Bolsa Família – antes, já aumentáramos o valor do benefício, depois de dois anos sem qualquer reajuste. O Minha Casa Minha Vida […] foi revitalizado”, escreveu. Sobre a preservação do meio ambiente, o presidente afirmou que foi retomado o caminho da sustentabilidade diante da queda de 16% nos números do desmatamento da Amazônia.

Saúde e educação

O presidente afirmou que a reforma do ensino médio dá poder de escolha ao estudante e é fruto da “obra coletiva que é a construção de um Brasil mais próspero e mais justo”. Ele fez menção também à recuperação do Fies, que estava “ameaçado pelo descontrole das contas”. Na saúde, citou o aumento do número de médicos, agentes e equipes, e o número de Unidades de Pronto Atendimento 24 horas.

Infraestrutura

Temer elencou avanços importantes na área de infraestrutura. Ele atribuiu a conclusão de 70 projetos em diferentes setores como reflexo do modelo de concessões e privatizações adota no último ano, mais claro e seguro. “São mais e melhores aeroportos, portos, rodovias, ferrovias, linhas de transmissão. É um Brasil de mais produtividade, de mais empregos”, disse.

Segurança pública

Na mensagem, Temer disse ser “intolerável” a sensação de insegurança vivida pelos brasileiros. Ele reafirmou a prioridade do Governo do Brasil no combate ao crime organizado e lembrou do apoio dado pelas Forças Armadas, as polícias Federal e Rodoviária Federal e os serviços de inteligência à criminalidade.

Relações internacionais

Um Brasil mais aberto, pragmático e interessado em se integrar com o mundo. Na visão do presidente, essas são as novas características do País no campo externo. “O Brasil permaneceu ativo nos grandes debates internacionais, do meio ambiente às questões de paz e segurança”, apontou.

FONTE: Planalto