Voltar

“Queremos integração geral entre União, estados e municípios”, diz Temer

07.03.2018

Em reunião com prefeitos das capitais brasileiras para tratar de temas relacionados à segurança pública nesta quarta-feira (3), o presidente da República, Michel Temer, afirmou que conta com os municípios para alcançar o objetivo central da criação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública: promover a coordenação e integração de ações de segurança em todo o território nacional.

“A segurança pública é um tema fundamental para o País e o objetivo do Ministério Extraordinário é exercer as funções típicas que cabem à União em matéria de segurança: promover coordenação e integração em todo o território nacional, com todas as entidades federativas, os municípios e a sociedade brasileira”, declarou.

“Fizemos, na semana passada, uma reunião com os governadores e tivemos muito sucesso. Houve boas sugestões e uma integração muito grande entre estados e união. A União não vai interferir na competência dos estados e municípios, mas queremos uma integração e coordenação geral”, afirmou.

Durante a reunião com os governadores, Temer anunciou a criação de uma linha de crédito de R$ 42 bilhões para estados e municípios investirem em segurança. A maior parte dos recursos é oriunda do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES).

FONTE: Planalto