Voltar

Previdência deve ser igual para todos, defende Michel Temer

06.02.2018

O presidente da República, Michel Temer, foi o entrevistado do programa “Mariana Godoy Entrevista”, na noite dessa segunda-feira (5). Durante a conversa com a jornalista, ele falou sobre os pontos essenciais da reforma da Previdência e explicou que o texto proposto cumpre um dos mais importantes princípios da Constituição brasileira: “Todos são iguais perante a lei, tem que ser igual perante a lei previdenciária.”  

Temer fez essa afirmação ao ser questionado sobre o fim dos privilégios dos servidores que ganham altos salários e dos políticos. Com a reforma, eles passarão a receber o teto da Previdência, que hoje é de R$ 5,5 mil. Por esse motivo, o presidente defendeu que a reforma “não agride os pobres, pelo contrário, ela protege os pobres.”

Para o presidente, mesmo com as outras medidas já tomadas pelo Governo do Brasil para enxugar os gastos públicos, a reforma é “inevitável”.  “Nossos aposentados correm um risco de ter um corte nas suas aposentadorias. Nós estamos evitando precisamente isso”, disse. Segundo Temer, o governo irá continuar a trabalhar para que o texto seja aprovado ainda neste mês na Câmara dos Deputados.  

FONTE: Planalto