Voltar

Presidente Michel Temer assina ordem de serviço para construção de ponte entre TO e PA

13.09.2017

O presidente da República, Michel Temer, participará, nesta quinta-feira (14), da assinatura das ordens de serviço para a construção da ponte que ligará os municípios de Xambioá, no Tocantins, e de São Geraldo do Araguaia, no Pará. Serão investidos R$ 132 milhões na obra, que deve começar até janeiro de 2018 e beneficiar mais de 40 mil pessoas.

Primeiro, Temer estará em Xambioá; na sequência, segue para São Geraldo do Araguaia. Após as assinaturas das ordens de serviço, começam os trabalhos de contratação de mão de obra e mobilização. Com extensão de 1,7 mil metros, a ponte, antiga reivindicação da população da região, tem prazo de construção de três anos.

Atualmente, a travessia entre os dois municípios, ligados pela BR-153, é feita por meio de balsas. Para a prefeita de Xambioá, Patrícia Evelin, a ponte trará desenvolvimento, com geração de emprego, melhoria no escoamento da produção da região e suporte ao transporte de cargas de outros estados. Ela estima que a obra será responsável por 2 mil empregos diretos e outros 3 mil indiretos.

“A construção da ponte evidencia uma importância fundamental para o nosso município”, afirmou, em entrevista ao Portal Planalto. Para Patrícia, além do Tocantins e do Pará, o Maranhão também será beneficiado com a obra. “[Estado] que utiliza a nossa rota para transportar sua produção, [o Maranhão] será consideravelmente beneficiado com a construção dessa obra”, afirmou.

Turismo

Assim como em Xambioá, haverá desenvolvimento em São Geraldo do Araguaia, aposta o prefeito da cidade de 29 mil habitantes, Edilson Pereira de Carvalho. A cidade tem grande potencial turístico, com cachoeiras e sítios históricos. “Muitos deixam de visitar São Geraldo pela dificuldade de acesso. Com a ponte, o turismo será potencializado e a cidade beneficiada”, afirmou.

Segundo Carvalho, a ponte entre as duas cidades vai facilitar o escoamento dos produtos produzidos no município. Atualmente, as principais fontes de renda de São Geraldo do Araguaia são a pecuária e a agricultura. Diariamente, 150 veículos e 500 pedestres fazem a travessia para o município tocantinense.

Fonte: Portal Planalto

FONTE: Portal Planalto