Voltar

Michel Temer: mudanças na Previdência Social protegem os mais pobres

02.02.2018

Em entrevista concedida ao RedeTV News, na noite desta sexta-feira (2), o presidente da República, Michel Temer, garantiu que a reforma da Previdência irá proteger os brasileiros de menores rendas. “É zero de punição para os mais pobres. Ao contrário, ela protege os mais pobres”, disse.

Dois exemplos que comprovam a proteção aos mais pobres, segundo o presidente, são os trabalhadores rurais e os beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC), que ficam de fora da reforma. Com a reforma, o Estado brasileiro deve economizar cerca de R$ 600 bilhões ao longo de 10 anos.

“Numericamente, é impressionante. Ano passado, o déficit foi de R$ 268 bilhões, e ano que vem, R$ 320 bilhões ou R$ 330 bilhões. Isso significa que o Brasil pode parar. É por isso que essa reforma, ainda suave, pode resolver esse problema”, alertou.

Modernização

O presidente mencionou ainda as reformas trabalhista, do ensino médio e a fixação do teto dos gastos do governo, medidas indispensáveis para a recuperação da economia brasileira e modernização do País. “A única coisa que eu quero é ser lembrado como um presidente reformista, que teve a coragem de fazer reformas que vários outros presidentes que passaram não tiveram a ousadia de fazer”, disse.

 

FONTE: Planalto