Voltar

Com criação de unidades de conservação, Brasil vai superar meta definida nas Nações Unidas

08.03.2018

Ao determinar a criação de novas unidades de conservação, o Brasil terá 25% das suas águas protegidas, superando meta estabelecida pelo governo brasileiro nas Nações Unidas. A Meta 11 de Aichi prevê a proteção de 17% das áreas marinhas e costeiras de cada país até 2020.

“Com essas novas unidades de conservação, protegeremos cerca de 25% das águas brasileiras, superando em muito a meta que definimos nas Nações Unidas”, afirmou o presidente da República, Michel Temer, em vídeo enviado para a abertura da sessão sobre áreas protegidas da Cúpula do México.

Em sua mensagem para os países-membros do encontro, o presidente lembrou que Brasília sedia o Fórum Mundial da Água, em 19 de março, e destacou a Iniciativa Azul: “Estamos construindo parcerias com comunidades locais, empresas, organismos internacionais, enfim, com toda a sociedade, para somar esforços em benefício do meio ambiente”, explicou.

FONTE: Planalto